Checklist

Espetáculos da natureza

Pedras esculturais, gêiseres potentes, céus coloridos, abismos submarinos. Conheça alguns dos fenômenos naturais mais maravilhosos do planeta que se tornaram destinos turísticos imperdíveis.

POR BEATRIZ VILANOVA

1 Gêiser Strokkur //   ISLÂNDIA 

As condições específicas de magma, água pré-aquecida e câmaras subterrâneas ligadas à superfície por um estreito canal fazem deste fenômeno um dos mais especiais do mundo. Como uma panela de pressão, o superaquecimento dessas águas promove o gêiser, um jato poderoso que cede à compressão embaixo da terra, podendo chegar a 80m. Não à toa, o nome deste fenômeno tem origem da expressão viking geysir, que significa jorrar. O Strokkur, na Islândia, é um dos mais famosos do mundo, entrando em erupção a cada quatro ou oito minutos.

Calçada dos Gigantes //   IRLANDA DO NORTE

Conta a lenda que a Giant’s Causeway foi construída por um gigante a fim de atravessar o mar para batalhar com outro que fugiu, deixando apenas pedras. Na verdade, o conjunto de aproximadamente 40 mil colunas de basalto é resultado de uma grande atividade vulcânica ocorrida há 60 milhões de anos. Patrimônio da Humanidade da Unesco, as gigantescas pedras hexagonais, enfileiradas em até seis metros de altura e dispostas lado a lado uniformemente, já foram capa de um álbum da banda Led Zeppelin e cenário da série Game of Thrones .

Grande Buraco Azul  //   BELIZE

A caverna subaquática, uma das maiores formações naturais do mundo, fica em meio às águas do mar da Cidade de Belize. Com pouco mais de 300m de largura, ela forma um círculo perfeito que, de tão grande, pode ser visto do espaço. Com 125m de profundidade, é tomado por águas cristalinas que, por causa de sua temperatura muito baixa, possuem uma tonalidade mais escura. O abismo atrai mergulhadores, que podem observar de perto o habitat harmonioso de uma rica fauna marinha, com tubarões e arraias.

Pororoca //   BRASIL

Também chamado de macaréu ou mupororoca, o fenômeno amazônico é produto de um encontro entre correntes fluviais e as águas do Oceano Atlântico. Dessa colisão forma-se uma onda contínua de até 6m de altura que viaja contra o fluxo do Rio Amazonas. Tornou-se popular especialmente entre os praticantes de surfe, sendo uma atração turística fundamental da região. A pororoca costuma acontecer entre os meses de fevereiro e abril, época em que a maré do oceano invade o rio.tos.

Aurora Boreal //   NORUEGA 

Fenômeno das regiões polares nortenhas, a aurora boreal é formada por um encontro entre partículas de ventos solares e a atmosfera terrestre. Com formato irregular, móvel e luminoso, é uma das ocorrências naturais mais mágicas do planeta. O nome é uma homenagem à deusa grega Aurora e a seu filho Bóreas, deus que rege os ventos do Norte. Apesar de existirem em lugares como Suécia, Finlândia, Alasca, Canadá e Rússia, é no céu do Norte da Noruega que se encontram com maior facilidade as impressionantes auroras boreais.

voltar-para-o-sumario