Sem pressa de ir embora

Localizado na Marina Porto Imperial, em Paraty (RJ), o restaurante Gastromar oferece pratos criativos, preparados com ingredientes locais frescos, em um ambiente charmoso e relaxante

POR LIVIA AGUIAR

Ao pé da Serra do Mar, em frente às águas tranquilas da Costa Verde do Rio de Janeiro e com vista do Centro Histórico de Paraty. É nesse cenário encantador que os clientes do restaurante Gastromar experimentam deliciosas receitas feitas com ingredientes da região. O menu criado pela chef paulistana Gisela Schmitt inclui peixes e frutos do mar superfrescos, capturados entre Angra dos Reis e Ubatuba, e cogumelos e vegetais orgânicos cultivados por pequenos produtores em Cunha, a 50 km de Paraty. Seus preparos contemporâneas resultam em mistura harmoniosa e irresistível entre a terra e o mar.

O empreendimento começou como um serviço de catering para embarcações de luxo – hoje opera também a traineira Sem Pressa, um barco-restaurante que transita próximo do Centro Histórico em época de festivais. “Eu falava que nunca, nunca mesmo, ia abrir um restaurante”, diz a chef, com humor. O espaço físico surgiu a partir da necessidade de um local adequado para realizar pré-preparos do Sem Pressa e atender à crescente demanda de eventos particulares nas enseadas próximas a Paraty. Assim, em dezembro de 2017, Gisela abriu as portas do Gastromar na Marina Porto Imperial.

A casa parece um aconchegante clube náutico, com varanda ampla, divisórias de vidro para o salão interior, sofás e poltronas confortáveis e uma área com mesinhas baixas para crianças brincarem com segurança. Difícil é não passar a tarde ou uma noite inteira experimentando itens do menu e bebericando drinques, como o gim-tônica preparado com infusões artesanais, ou um dos vinhos da Pizzato, vinícola gaúcha que fornece rótulos especiais para o Gastromar. 

O menu varia bastante, conforme a época do ano. Entre os pratos favoritos estão o Camarão Zehn, com os tenros crustáceos misturados com cogumelos e assados em papel alumínio com manteiga, shoyu e cebolinha; o Robalo Sem Pressa, defumado na casa e assado no papelote com abobrinha e tomatinhos orgânicos; e o Orecchiette Marítimo, com camarão, lula, polvo, limão siciliano e páprica defumada. A chef também capricha nos itens vegetarianos, como a Polenta J.M., assada com gorgonzola e gratinada com parmesão e nozes, e o Carpaccio Cajuju, feito com fatias finíssimas de caju, queijo de coalho ralado, vinagrete de cachaça e mix de castanhas. Vale a pena guardar espaço para a sobremesa, especialmente o pudim de pistache, tão cremoso e equilibrado que o desafio é não lamber o prato.

As entradas, os pratos principais e as sobremesas do Sem Pressa também são assinados por Gisela, que frequentemente está a bordo para finalizar as preparações. O barco conta com prancha de stand-up paddle, snorkel e pés de pato para explorar a costa. São feitas paradas em pontos estratégicos da costa, onde, entre uma boquinha e outra, é possível tomar banho em águas calmas, dividindo espaço com tartarugas e demais espécies marinhas que convivem por ali. Outra opção é subir à casaria (terracinho que cobre o convés do barco, que no Sem Pressa é revestido de almofadas) para ver de longe os animais marinhos nadando nas águas transparentes, observar o entorno com a exuberante Mata Atlântica preservada e relaxar bebendo drinques preparados com ingredientes sazonais.

Para uma experiência gastronômica mais completa, vale ir tanto ao barco quanto ao restaurante em terra firme. A casa fica na marina mais próxima de Paraty, a cinco quilômetros do Centro, um ponto acessível por terra (de carro ou de bicicleta), pela água (com a lancha que sai do porto em frente à Igreja de Santa Rita) e até pelo ar – há um heliponto logo ao lado do restaurante. O importante é chegar sem pressa de ir embora para aproveitar melhor esse pequeno paraíso.

Affonso_Neto-(138)

ONDE COMER

POR GISELA SCHMITT

 1  Quiosque Lapinha
O melhor lugar para comer o casadinho típico da região: camarão VG recheado com farofa.
Praia do Pontal, Paraty

 2  2 Quiosque Cheiro do Camarão
Pé na areia e cozinha familiar comandada pela Márcia, filha de pescadores que prepara um bobó de camarão maravilhoso.
Praia do Corumbê, Paraty

 3  Villa Verde
Fica em um grande jardim, próximo a um rio com cachoeira. O chef suíço Dario Rossera e sua mulher, a brasileira Cristiane, preparam massas artesanais excelentes, como ravioli e talharim.
Rod. Parati-Cunha, km 6, Paraty 24 3371 7808 / villaverdeparaty.com.br

GASTROMAR RESTAURANTE
Marina Porto Imperial, BR 101, km 578,5, Paraty, RJ
24 3372 1313
gastromarparaty.com


voltar-para-o-sumario